26/05/2018

MINISTERIO DAS FINANÇAS SEMPRE A SURPREENDER!

Queridíssimos profissionais das finanças vulgarmente chamados de função publica do setor supra mencionado podem por um acaso absolutamente excecional depositar o dinheiro que este governo tao gentilmente decidiu devolver-nos para uma conta que EXISTE e que tem sido usada nos últimos 9 ANOS por vós?? Hum??? Sim ?? Não??? é que transferir os nossos troquinhos para uma continha DESACTIVADA há 10 não conta tá?? 

Obrigadinhos!

25/05/2018

FIOS #124



O preto e branco é uma combinação intemporal e que está sempre na moda. Hoje trago um Fio SPRING COLORS que será sempre uma aposta segura para quem gosta de acessórios bonitos e discretos mas ainda assim marcantes e que se destacam.

Este fio é composto por missangas pretas e brancas pequeninas e com 70/72 cms de comprimento, possuem detalhe de uma flor arrendada (cerca de 43mm de diâmetro) em zamac (material que não oxida, não deforma e não perde a cor com banho de prata), medalha oval (10x5mm) com a palavra "Believe" gravada em zamac (material que não oxida, não deforma e não perde a cor com banho de prata), fecho de mosquetão e corrente que permite alargar o fio (mais 6/7 cms) bem como terminais também em zamac (material que não oxida, não deforma e não perde a cor com banho de prata).

Super leves estes fios são aquela opção certa para dar vida a uma camisa básica ou até mesmo àquela camisola de gola alta velhinha que quase não podemos ver à frente de tao enfadonha que é.

Envie as suas questões/pedidos de alterações para fioapaviobazar@gmail.com ou mensagem privada via FACEBOOK ou INSTAGRAM 

Ousam?

Nota - Apenas tenho uma peça disponível








23/05/2018

FIOS #123


Está a chegar o DIA MUNDIAL DA CRIANÇA e hoje trago uma peça que tanto dá para mãe como para os filhotes: Fios INNOCENCE SWEET PRINCESS 

Estes fios são de cabedal, com acabamento natural, com nó de correr que permite ajustar, com medalha de alumínio de 22mm de diâmetro com coroa recortada e com nome e coração gravados, e detalhes com missangas em zamac prateado com banho de prata 

O alumínio e o zamac são materiais super leves, que não oxidam, não deformam e anti-alérgicos muito indicados para os nossos pequeninos.

Envie as suas questões/pedidos de alterações para fioapaviobazar@gmail.com ou mensagem privada via FACEBOOK ou INSTAGRAM

Ousam?


22/05/2018

FIOS #122




Os fios KEEP IT SIMPLE são sempre uma escolha segura pois além de serem feitos de materiais duráveis eles possuem um design intemporal. Hoje trago mais uma opção para os Fios KEEP IT SIMPLE dados nascimento.


REF.FKISDN01 - um fio de aço com cerca de 45cms (ou feito à medida se desejar), malha de elos achatados simples e com medalha retangular, também em aço, com nome gravado num dos lados e com restantes dados de nascimento, com 8x36mm 

Envie as suas questões/pedidos de alterações para fioapaviobazar@gmail.com ou mensagem privada via FACEBOOK ou INSTAGRAM


Ousam?



21/05/2018

EXAUSTA

É o meu estado… EXAUSTA.

Em todas as vertentes, em todos os sentidos da palavra EXAUSTA.

Não querendo tenho esse direito, o de me declarar EXAUSTA.

17/05/2018

QUE PUTA DE DOENÇA

Levaste mais um… não foi um qualquer. Levaste mais um dos meus… dos que pertencem às minhas recordações felizes. Dos que habitam no meu coração ainda que por vezes a vida não nos faça tao presentes quanto gostaríamos.

Levaste uma parte de uma parte de mim e eu sei que nem sequer te comoves com esta dor que se acumula em todos os poros e que não sabemos dirigir. Sei que és tao cruel e vil que ficas aí silencioso a espalhar uma dor atroz de forma subtil sem que te comovas.

Levaste mais um… este eu não estava à espera. Não te anunciaste. Não te vi chegar. Foste cobarde. Atacaste sem dó nem piedade e levaste-o. Percebes o quanto és cruel? Percebes a dimensão da dor que causas ao ser silencioso? 

Os meus amigos são parte de mim e há amigos que são tao especiais que são mesmo carne da minha minha carne. E foi isso que levaste entendes? Levaste um pai, um avô, um amigo querido. Um homem de silêncios longos, ponderado mas que eu sei que estava lá. Que estaria ali à merce do meu contacto. Pai de duas filhas… e que bonitas elas são. Percebes que por tua causa hoje conheceram uma dor que até aqui desconheciam? Percebes que por tua causa nada ficará igual? Percebes que a minha Vanda sim a minha Vanda vai ter de carregar todos, de novo, mais uma vez, de todas as vezes. sempre ela… de corpo franzino a carregar a dor de todos e como lidará ela com a sua?? Percebes Isso?? PERCEBES ISSO??? Como é que lhe fizeste isto?? COMO? Conheces essa pessoa que ousaste magoar de uma forma irreversível? Uma pessoa que sempre, SEMPRE, coloca os outros e as suas missões acima das dela. Que quando soube da tua existência ainda pensou em mim!! Em mim?!?! Pois claro, ela ficou a saber que o seu pai se tinha cruzado contigo e uma das suas preocupações foi comigo e com os meus pequeninos. Percebes a dimensão desta pessoa?? Entendes que ela não merecia que tu entrasses na sua vida???? 

Tu és velhaco. ODEIO-TE TANTO! 

COMO AGRADECER A QUEM CUIDA DOS NOSSOS FILHOS #14




Hoje trago uma peça que é uma novidade na FIOAPAVIO - uns MARCADORES DE LIVROS.

Marcadores de livros tipo clip em aço inoxidável com gravação personalizável, neste caso dedicada aos professores, mas poderá ser o texto que desejar (mediante orçamento).

Peça com 50x26mm.

Se desejar uma peça à sua medida basta que envie mensagem via instagram ou facebook ou email para fioapaviobazar@gmail.com.

Ousam?




16/05/2018

A TRISTE REALIDADE DAS ASSOCIAÇÕES DE SOLIDARIEDADE

Terminei 2017 como sócia de três associações de solidariedade social... estamos em Maio de 2018 e apenas resta uma. Porquê? Porque as outras duas simplesmente desapareceram. 

Como é que querem ser credíveis se depois ignoram os sócios e apenas se lembram deles quando dá jeito?

Se calhar a solidariedade não é assim tão solidária (just saying)!

15/05/2018

A NOSSA FAMÍLIA

Existem imagens que não carecem de explicações ou descrições. Este é o nosso mundo.

A nossa FAMÍLIA!

14/05/2018

COMO AGRADECER A QUEM CUIDA DOS NOSSOS FILHOS #13

Com o final do ano a chegar começa a procura dos pais em encontrar aquele miminho querido para quem tao bem toma conta dos nossos pequeninos (tenham eles a idade que tiverem serão sempre os nossos pequeninos correto?) e por isso mesmo hoje trago mais Porta-chaves MADE FOR YOU educadores que podem ser personalizados a seu gosto.

São porta-chaves em alumínio e metal com zonas coloridas que poderão ser em vermelho, laranja, verde, preto ou azul. E disponíveis com as frases "(...) gosto de ti daqui até à lua", "A melhor (...) do mundo" e "Obrigado por me ensinares com o coração". 

É possível alterar os textos, o boneco passar a boneca e gravar o nome ou texto nas costas.

Se desejar uma peça à sua medida basta que envie mensagem via instagram ou facebook ou email para fioapaviobazar@gmail.com.

Ousam?






OBRIGADINHA SIM !?!?!? #12

Marcas portuguesas uma pessoa até gosta de apostar em marcas novas, pequeninas e queridas mas.... como é que se consegue comprar prende chuchas em condições se vocês insistem em usar molas METÁLICAS e que após duas ou três lavagens enferrujam e sujam a roupa delicada dos nossos filhos??

Ai ai ai abram os cordões à bolsa e passem a comprar molas plásticas sim?? Obrigadinha!

Ass. Mãe de gémeos

13/05/2018

É DE REVIRAR OS OLHINHOS E SOLTAR UM AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

Tenho cada vez menos paciência para certos tipos de blogs, já aqui o disse varias vezes, mas tenho ainda menos para posts desesperados das "wanna be" blogosféricas que insistem em mostrar as suas crias e intimidade na ansia de likes e ascensão cibernética.

Vergonha alheia e pena... muita pena é o que sinto!

Sou só eu?

12/05/2018

O DIA DA MÃE

Falar sobre este dia, e mais do que falar de mim, é falar sobre mulheres. Mulheres! Muitas e tao diferentes.

Se observarmos bem o significado que esta palavra pequenina encerra vamos deparar-nos com coisas tao diferentes como estas: 

 mãe
(latim mater, -tris)
substantivo feminino
1. Mulher que tem ou teve filho ou filhos.
2. Mulher que cria e educa criança ou adolescente que não foi gerado por ela mas com quem estabelece laços maternais e a quem pode estar ligada por vínculos jurídicos (ex.: a mãe dele era solteira quando o adoptou).
3. Animal fêmea que tem filho ou filhos.
4. [Figurado]   [Figurado]  Mulher carinhosa ou protectora.
5. [Figurado]   [Figurado]  Origem, causa, fonte (ex.: a ignorância é a mãe de muitos males).
6. Borra do vinho que ainda não foi posto em limpo. = MADRE
7. [Brasil]   [Brasil]  Ser fantástico, espécie de sereia de água doce, também chamado uiara e iara.
8. [Figurado]   [Figurado]  Pessoa que chora facilmente.
9. [Moçambique]   [Moçambique]  Tratamento respeitoso dirigido a mulher casada ou com alguma idade (ex.: está com pressa, mãe?). = SENHORA
adjectivo feminino
adjetivo feminino
10. Que deu origem a outras coisas da sua espécie.
11. Que é considerada a principal entre outras do seu género.

Por isso ser mãe não é "apenas" dar à luz, parir. Ser mãe é muito mais do isso e é minha convicção que o somos muito antes de os colocarmos cá fora e até há mesmo casos que o são sem nunca (e infelizmente) os verem nascer. 

Durante a minha/nossa luta pela fertilidade pensei muito sobre o significado desta palavra, sobre o que ela implica e sobre as pessoas que a tomam como sua de forma garantida. Ser mãe não é um dado adquirido, ser mãe é uma conquista. Ser mãe é merecer esta palavra diariamente. Ser mãe é lutar-se por um ser e ama-lo muito antes de lhe reconhecer o rosto. E é, acima de tudo, por este ultimo motivo que sempre me revoltaram as entranhas sempre que me diziam "agora que estás gravida é que vais ver o que é ser mãe". Como?? NÃO PESSOAS NÃO NÃO. Ao longo da vida cruzei-me com pessoas que colocaram seres no mundo e que não são mães, serão outra coisa mas mães não e por oposição cruzei-me com outras tantas que não colocando ninguém no mundo serão mais mães do que as anteriores.
Há uma crueldade atroz entre nós mulheres no que diz respeito ao uso desta palavra. Tantas vezes ouvi "vais conhecer um amor até aqui nunca sentido"... talvez, mas o que sabem elas sobre a forma como amo? Se a vida é o nosso bem precioso e se eu já tinha pessoas na minha pela qual seria capaz de abdicar dele haveria amor maior do que esse? Porque razão insistem em reduzir o amor dos que não têm filhos por comparação com esse suposto amor maior. Se colocar alguém no mundo fosse sempre símbolo de um amor maior não existiam mulheres na cadeia por matricídio, não existiam maus tratos, abandonos e por aí fora. Se estar ligado a um ser por um cordão umbilical fosse sempre sinonimo desse amor maior as atrocidades cometidas por mulheres seriam apenas fruto do delírio de escritor alucinado. Mas não pessoas! Não, pessoas! Existem mulheres que apesar de parirem jamais entenderão a dimensão da palavra mãe.

Eu já era mãe muito antes de o ser. Fui mãe quando embarquei em relações em que achava que conseguiria dar colo, em que acreditava ter o poder de mudar essa pessoa. Fui mãe enquanto me injetava, ao longo dos tratamentos de fertilidade, e em que imaginava o que aquele liquido iria fazer a uma parte de mim... ser mãe é muito mais do que o ato animalesco de colocar cá fora um ser.

E por isso, hoje, mais do que falar sobre as mulheres que irão receber presentes feitos por umas mãozinhas queridas eu opto por referir as que guardam a magoa de lhes ser negado este dia. Àquelas que a sociedade magoa, fere sem dó nem piedade com verdades absolutas ridículas.

O dia de hoje, o dia da mãe, deveria ser dedicado a todas as mulheres cujo coração se passeia fora do corpo por alguém... por qualquer pessoa!

11/05/2018

9 MESES DE NÓS

Todos os dias são dias de descoberta. E eu descubro mais coisas sobre isto de ser mãe de dois pequeninos em cada momento que partilhamos do que qualquer livro que ousasse ler nesta fase. Porém mais curioso do que eu fazer esta descoberta é assistir à descoberta que cada um faz do outro. Aos 9 meses eles descobriram-se, eles olham-se, eles são cúmplices. Os 9 meses trouxeram a confirmação de que não só nasceram juntos como vivem juntos e irão crescer juntos. Trouxe as gargalhadas cúmplices, o roubar de chuchas constante (ainda que estas sejam diferentes desde o momento do nascimento por escolha própria), o observarem-se vezes sem conta, a procura constante pelo o outro quando um está ausente. Os 9 meses trouxeram a descoberta, que espero eu seja para o resto da vida deles (porque a minha espero que seja mais curta... infelizmente), do companheirismo, da partilha, de um amor de irmãos que eu desconhecia até aqui mas que já imagino. 

É verdade, assumo, eu tenho ciúmes dos meus filhos! Tenho ciúmes da possibilidade de existir um código entre eles que ninguém, nem mesmo nós pais, iremos decifrar. Sou filha única e não gosto. Não gosto do peso que acarreta ser única. Não ter ninguém a quem ligar às 3 da manha para desabafar ou simplesmente alguém para quem correr para dar aquele abraço sem palavras (sim tenho amigos que o fazem e sou imensamente grata por isso mas por certo não será o mesmo sentimento... digo eu que nunca o conseguirei comprovar). Dir-me-ão que não são assim todas as relações de irmãos (e eu tenho exemplos muito próximos que o comprovam) bem sei, mas é assim que antevejo a dos meus filhos e será por conquistar esse cenário que lutarei. A vida logo me irá compensar ou penalizar por isso.

Dentro de mim sempre houve o desejo escondido de ter mais do que um filho porém à medida que o tempo ia passando aprendi a gerir as expetativas e a desejar apenas o que a vida tivesse reservado para mim (até o pior dos cenários). Quando soube que estava gravida de gémeos, e mais do que pensar nas dificuldades que isso iria trazer para a nossa vida quotidiana (e que não seriam, não são, poucas) pensei que havia chegado o momento de viver de perto à construção de elos que eu até aqui desconhecia. Tao assustador quanto apaixonante. E com eles nasceram dois medos dentro de mim: estaria eu filha única à altura de tamanha tarefa e seria eu capaz de amar dois seres de igual forma? Se calhar muitos ficarão chocados com esta minha afirmação mas a verdade é que são raríssimos (issimos issimos issimos) os casos de pais que amam os filhos de igual forma (dos que conheço, e alguns demasiado próximos, não é isso acontece). Há uma clara vocação para um ou para outro. Como?? Como é que pode haver tamanha distinção? Tao descabida! Uma coisa é percebermos que aquele ser tem características mais semelhantes a nós e outra é ignorar um em detrimento de outro sem justificação aparente. Como é que se contam historias intermináveis sempre do mesmo filho ignorando por completo o outro? Como? 
Estes medos eu sei que me irão perseguir até ao ultimo dos meus dias e espero que estando ciente deles isso me ajude a combate-los.

Mas voltemos ao Francisco e ao Pedro. Têm sido 9 meses de descobertas constantes conforme já partilhei.

O Francisco continua, o físico, aquele que faz as festinhas mais docinhas e queridas. Continua a chorar sempre que a sua comidinha acaba, quer esta seja um iogurte com fruta, um biberão de leite ou um cozido à portuguesa (nada temam, ainda não lhe dei cozido mas temo que no final do primeiro prato iria querer repetir). Entretém-se com qualquer coisa: quer seja um brinquedo, um botão de roupa ou um fecho de um casaco. Tudo é bom para ele passear o seu dedinho indicador vezes sem conta até se cansar. Assusta-se com tudo pobrezinho, qualquer tosse, espirro, sacos plásticos, loiça a bater na cozinha é motivo para um pestanejar mais aflito. É o meu filho feito de mel e chocolate.

O Pedro é o filho destemido. Aquele que se atira de cabeça mesmo que depois seja preguiçoso para colocar as mãos para não se magoar... cai desamparado sem medo do resultado. Continua a esfregar-se em nós sempre que tem soninho. Tem o sorriso tridente (sim, porque já tem 3 dentinhos) mais querido mas apenas os dentinhos de baixo se fazem notar de forma mais nítida. Gosta que lhe falemos à bebezinho e tem cocegas no pescoço e nos pés. Bate palminhas não quando lhe mostramos como se faz mas sempre que terminamos... por  vezes fá-lo de madrugada quando os pais estão com a pestana meio cerrada. É o meu filho espelho, aquele que continua cada vez mais parecido comigo e com o meu pai. Aquele que tem um cabeleira farta e que faz a inveja do pai. É o nosso filho que luta contra o sono. Que se recusa a dormir sempre que chega a hora, aquele que exige mais dedicação nessa  tarefa. É o nosso filho herói, que está quase a ter alta da sua fisioterapia após 7 meses. O mais lutador perante as adversidades que o seu nascimento lhe trouxe.

Assim foram os 9 meses... que venham os 10 e os seus desafios: o primeiro de todos será a mudança para o quartinho deles e finalmente separem-se para dormir após tantos meses de partilha

08/05/2018

FIOS #121

O Boho-chic é um estilo com base em várias influências boémio e hippie e o Fio ARROW GOLD é completamente influenciado por esta tendência.

São fios em corrente de zamac dourado, material com banho de ouro que não oxida não deforma nem perde a cor. Existem duas malhas e cumprimentos diferentes: fio com malha mais larga de elso redondos e 86cms de comprimento e fio com malha mais apertada de elos redondos e 74cms de comprimento. Todos os fios possuem fecho de tipo mosquetão e uma medalha (cruz, mão de Fátima ou coração) ambos no mesmo material da corrente. Para decorar estes fios setas e uma asa todos em pedra natural: 

REF.FAG05 - compósito em marmoreado verde e dourado com laterais em tinta dourada
REF.FAG06 - Pedra do sol castanha com topo em dourado
REF.FAG07 - Pedra Howlita branca/cinzenta com laterais em tinta dourada
REF.FAG08 - Pedra Àgata azul com topo em dourado
REF.FAG09 - Pedra burgandy/cor de vinho e dourado com laterais em tinta dourada
REF.FAG10 - Pedra Howlita branca/cinzenta com topo em dourado
REF.FAG11 - Pedra Turmalina preta com laterais em tinta dourada

Se desejar uma peça à sua medida basta que envie mensagem via instagram ou facebook ou email para fioapaviobazar@gmail.com.

Ousam?






















04/05/2018

FIOS #120


Mais um Fio TRIBAL GOLD para adornar pescoços fartos de chuva e dias tristes. Hoje trago uma peça que além do brilho trás a mensagem da pedra que é usada sob a forma de missangas.

Trata-se da Pedra do Sol, tons marrom-dourado e que parece estar coberta por uma purpurina dourada, que representa o nosso brilho máximo.
A Pedra do Sol vai trabalhar o nosso brilho externo, diante do publico, principalmente nas situações em que nos vamos sentir testados de algum modo. E também é conhecida como a pedra da autoconfiança e do brilho máximo.

Estes fios com missangas de madeira, castanha, com verniz incolor intercaladas por outras mais pequeninas em dourado envelhecido são a escolha perfeita para completar os seus looks. Pontualmente existem missangas de pedra natural em castanho que lhes conferem um toque de originalidade. Para coroar este design existe ainda na extremidade um berloque castanho em seda no mesmo tom das missangas castanhas.

Estes fios possuem (aproximadamente) 72cms de comprimento (de ponta a ponta) com extensor em corrente dourado envelhecido que permite alongar até aos 82cms. Cada fio possui ainda uma pequena medalhinha com uma mensagem especial para dar aquele toque extra de mimo.

Saliento aqui o facto de não existirem muitos exemplares destas peças o que faz delas um apontamento de originalidade seguro.

Se desejar uma peça à sua medida basta que envie mensagem via instagram ou facebook ou email para fioapaviobazar@gmail.com.

Ousam?



01/05/2018

COMO MIMAR AS MULHERES ESPECIAIS DAS NOSSAS VIDAS #11

Compras de ultima hora?? Foi adiando a decisão de comprar o presente do DIA DA MÃE?? Hoje este mensagem é para si... apresento duas propostas de ultima hora: um fio KEEP IT SIMPLE amor para a vida toda e um porta-chaves MADE FOR YOU amor para a vida toda.

REF.FKIS51 - um fio de aço com cerca de 45cms, malha de elos achatados com bolinhas do mesmo material e com medalha retangular, também em aço, com frase "amor para a vida toda" com 8x36mm

REF.PCMFY04N
- Porta-chaves com argola e corrente em aço, pendente no mesmo material (que não oxida, não deforma e não perde a cor) retangular com gravação: "Que este seja o nosso destino: amar, viver e começar cada dia juntos!" com 43x24mm e peça retangular, também em aço, com frase "amor para a vida toda" com 8x36mm e coração recortado em zamac (material com banho de prata que não oxida nem deforma).

Pode acrescentar o numero de peças retangulares que desejar e alterar a peça extra, colocando por exemplo um coração com um nome, uma cruz,... (neste caso já não estaria pronto para o dia da mãe mas sim para data posterior)

Envie as suas questões/pedidos de alterações para fioapaviobazar@gmail.com ou mensagem privada via FACEBOOK ou INSTAGRAM

Ousam?





design

design by: We Blog You