13/09/2016

O QUE EU ANDO A OUVIR #2

video

Ele chegou a casa e disse "Tens de ouvir isto... com atenção". Ele sabe que mais do a musica eu deixo-me prender é pelas palavras e pelo que elas me transmitem. No seu rosto aquele rosto de menino que me faz derreter e eu a pensar "vem por aí bomba".

A musica começou a ouvir-se e espalhar-se pela casa... e as palavras, bem as palavras à medida que se faziam ouvir faziam-nos sorrir. De forma tímida no inicio e depois gargalhadas sonoras. Tentando fazer-me ouvir por cima da musica e do nosso riso perguntei-lhe "encomendas-te esta musica para mim?" e ele riu-se como que a admitir que poderia ter sido uma boa ideia. S

Somos felizes assim com estas tontices que nos distraem, por breves momentos, de outros assuntos mais dramáticos.


Manta para dois
Deolinda

Às vezes és bruto
Rezingão, tosco, inculto
Um insensível, um ingrato, um ruim

Rude e casmurro
És teimoso como um burro

Mas, no fundo, és perfeito para mim

Ás vezes, também, eu tenho o meu feitio
E sei que levo tudo à minha frente

E por essas e por outras
Quase que nem damos conta
Das vezes que
Amuados
No sofá refastelados
Repartimos a manta sem incidentes

Às vezes és parvo
Gabarola, mal-criado
É preciso muita pachorra para ti!

Cromo, chico-esperto
Preguiçoso e incerto

Mas, é certo, que és perfeito para mim

Às vezes, também, sou curta de pavio
E respondo sempre a tudo muito a quente

E por essas e por outras
Quase que nem damos conta
Das vezes que
Amuados
No sofá refastelados
Repartimos a manta sem incidentes

Às vezes, concedo
Que admiro em segredo
Tudo aquilo que não cantei sobre ti
Mas o que em ti me fascina
Dava uma outra cantiga
Que teria uma três horas pra aí

Às vezes, também, sou dada ao desvario
Mas vem e passa tudo no repente

E por essas e por outras
Quase que nem damos conta
Das vezes que
Amuados
No sofá refastelados
Com os pés entrelaçados
E narizes encostados
Já os dois bem enrolados
Brutalmente apaixonados
Repartimos a manta sem incidentes

(Pa-pa-pa-pa
Pa-pa-pa-pa
Pa-pa-pa
Pa-pa-pa-pa
Pa-pa-pa-pa
Pa-pa-pa)


nota- aqui que ninguém que me lê eu continuo a achar que ele mandou fazer esta musica para mim mas.... shiuuuuuuuuuuuuuuuu é segredo! E não levem tudo à letra pois aqui em casa não andamos à estalada a chamar nomes um ao outro (ainda) mas que atire a primeira pedra quem nunce disse uma ou outra palavrinha menos bonita à sua cara metade?

2 comentários:

  1. Acho que em todos os casamentos há amuos, palavras ditas mais amargas e tudo isso... O importante é mesmo permanecerem juntos e 'dividirem a manta' :-) Adorei o texto e a música! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo em absoluto Joana e acima de tudo rirmos ao sintonia... beijinhos <3

      Eliminar

design

design by: We Blog You