25/06/2014

DIÁRIO DE UMA FUTURA EX-GORDA #5


Mais um dia de pesagem. A pior semana de todas as semanas desde que comecei esta minha jornada. Não foi a pior em asneiras. Não! Continuei sem comer os fritos, as massas, o arroz, os refrigerantes, o álcool, e todas aquelas outras coisas maravilhosas de que temos de nos privar quando estamos em dieta. Mas pequei em tudo o resto: zero exercício físico, sem fome não comi as vezes que deveria ter comido, sem sede não bebi os litros que me estariam destinados, sem energia. Esta ultima semana passou por mim passando-me a ferro e deixando-me literalmente prostrada.
Hoje sentia-me gorda, pesada com a culpa de quem deveria ter feito mais. Hoje não esperava piedade por parte da balança e ela surpreendeu-me. Decidiu dar-me o sinal de que é preciso continuar no bom caminho, de que esta forma de viver (com o mínimo de coisas toxicas no organismo) tem de se sobrepor a todas as contrariedades da vida (e elas vêm aí... ai se vêm). Hoje a balança foi a amiga que eu não merecia e ofereceu-me menos um quilo. Agora compete-me agradecer tornando-me mais leve.

Nota - Não posso deixar de agradecer todas as mensagens queridas e de "abre olhos" que recebi hoje. A minha gratidão é incomensurável.





2 comentários:

  1. Respostas
    1. Corajosa tinha sido se não me tivesse deixado engordar... agora tenho o que mereço :)

      Eliminar

design

design by: We Blog You