06/01/2014

UM NOVO ANO... NOVAS PEGADAS

Numa altura muito feliz da minha vida foi-me dado a conhecer um texto. 
Um texto que tem tanto de conhecido como de intenso e independentemente de sermos pessoas de fé, e acreditarmos ou não na mensagem que ele passa, não conseguimos ficar indiferentes.
Eu sou uma pessoa de mar. Preciso de o ver, de o cheirar, de sentir a sua ira, de sentir a sua paz... ele trás-me muitas vezes o que procuro sem saber. E no segundo dia deste novo ano, quando coloquei os pés na areia e vi que o mar tinha apagado qualquer vestígio humano no seu areal, a minha memória transportou-me imediatamente para aquelas palavras... 




Uma noite eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia
com o Senhor
e no céu passavam cenas de minha vida.
Para cada cena que passava,
percebi que eram deixados dois pares
de pegadas na areia:
um era meu e o outro do Senhor.
Quando a última cena da minha vida
passou diante de nós, olhei para trás,
para as pegadas na areia,
e notei que muitas vezes,
no caminho da minha vida,
havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também que isso aconteceu
nos momentos mais difíceis
e angustiantes da minha vida.
Isso aborreceu-me deveras
e perguntei então ao meu Senhor:
- Senhor, tu não me disseste que,
tendo eu resolvido te seguir,
tu andarias sempre comigo,
em todo o caminho?
Contudo, notei que durante
as maiores tribulações do meu viver,
havia apenas um par de pegadas na areia.
Não compreendo por que nas horas
em que eu mais necessitava de ti,
tu me deixaste sozinho.
O Senhor me respondeu:
- Meu querido filho.
Jamais te deixaria nas horas
de prova e de sofrimento.
Quando viste na areia,
apenas um par de pegadas,
eram as minhas.
Foi exactamente aí,
que te carreguei nos braços.

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Está na altura de deixarmos novas pegadas ;)

      Eliminar
  2. ....SEMPRE LÁ, NOS BONS E MAUS MOMENTOS....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E pensar que este mesmo mar no dia 2 estava assim... e ontem, dia 7 leva tudo à frente. Conto contigo <3

      Eliminar
  3. É engraçado Sara, porque este foi um dos textos que escolhi para a minha irmã ler no dia do meu casamento durante a cerimónia da igreja:) Diz muito e diz-me muito! É lindo!
    E o mar, para mim é tudo! Adoro e respeito, porque assim como pode ser pacifico, muitas vezes, como nos últimos dias, impõe muito respeito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que giro... a mim foi-me dado a conhecer no CPM precisamente na preparação do nosso casamento (meu e do João). E hoje temos uma fotografia das nossas pegadas numa praia de que gostamos muito na nossa casa... são palavras belíssimas e ainda mais engraçado é não se saber quem realmente as escreveu. Beijinhos coloridos

      Eliminar

design

design by: We Blog You